Veja 6 dicas de brinquedos que ensinam as crianças fundamentos de programação desde a idade pré-e


Sendo Natal, aniversário ou Dia das Crianças e precisa presentear uma criança em fase escolar com algo que seja educativo ao mesmo tempo que muito legal? A dica são os brinquedos que ensinam fundamentos de programação, incentivando o que já é nascido com os nativos digitais: o gosto pelo digital.


Esses brinquedos são conhecidos como STEM, da sigla em inglês para Ciências, Tecnologia, Engenharia e Matemática, e colocam as crianças em contato com fundamentos de codificação, sugerindo, por exemplo a construção de seus próprios robôs.


1 - WowWee Elmoji: com o toque em uma pequena tela de LCD que representa a cabeça de um robô já pronto, a criança pode aprender habilidades de codificação. Apertando uma sequência de emojis que ela mesmo decide a ordem, o robô pode se mover para frente, girar ou fazer um emoticon.







2 - Thames & Kosmos Coding & Robotics: brinquedo que ensina sequenciamento, loops, eventos e condicionais – áreas chaves de codificação – inserindo uma sequência de cartões de código físico para atribuir comandos em um robô que se parece um sanduíche de manteiga de amendoim e geleia.




3 - Code & Go Robot Mouse: sem usar um equipamento tecnológico para brincar, também é possível ensinar programação. Este é o caso do rato Colby. São 10 cartas de atividades que sugerem alguns labirintos que precisam primeiramente ser montados, com diferentes níveis de dificuldade. Na sequência, a criança deve usar outros cartões de código para criar um caminho passo-a-passo, comando por comando para o rato passar pelo labirinto e pegar o seu queijo.



4 - LEGO Boost Robotics: apaixonados pela marca LEGO vão gostar dessa novidade. A fabricante de blocos de encaixe que conta com inúmeras invenções, oferece agora ao mercado uma linha com peças eletrônicas, que incluem sensores, motores e peças Lego, claro! Como esse kit é possível montar 5 robôs amigáveis com diferentes habilidades. Através dos manuais de instrução e aplicativos, é possível programar os novos amigos com outras funções, saindo do básico.



5 – Primo Toys Cubetto: mais um brinquedo que ensina programação sem a necessidade de uma tela. O diferencial do Cubetto é que pode ser usado por crianças que ainda não foram alfabetizadas, sendo aprovado por especialistas no método de ensino Montessori. Blocos coloridos representam comandos em um quadrado, que vai orientar a movimentação de um robô, fabricado em madeira.




6 – Dash e Dot: se trata de um conjunto de robôs. Dash é móvel e Dot estacionário. Utilizando um dispositivo móvel, as crianças acessam um aplicativo para acionarem comandos via Bluetooth para os robôs. Nos aplicativos estão incluídos também enigmas e desafios que as crianças devem resolver ao programar as ações dos brinquedos.



Enfim, essas são algumas sugestões com idades e preços variados. Possivelmente são brinquedos ainda com dificuldade de serem encontrados m território nacional, mas que podem ser adquiridos no exterior ou mesmo por e-commerce.



Existem muitas outras possibilidades no mercado e o importante é compreender o conceito dos brinquedos, que buscam ensinamento ao mesmo tempo que diversão.


(FONTES)

https://www.workingmother.com/stem-toys-teach-kids-to-code

  • Black Facebook Icon
  • Black Instagram Icon

2019 - SuperGeeks Ribeirão Preto